• Natália Vinhas

COMO ESTÁ O SEU POTE DE CIÚME?


Para surgir o ciúme é necessário um terceiro elemento, o de ameaça que tanto pode ser um fato real como imaginário. Desta forma, mesmo que de maneira imaginária, o relacionamento amoroso foi ameaçado, a raiva, o medo e a tristeza começam a tomar conta.

Segundo Freud, o ciúme normal pode ser igualado ao luto, devido medo de perda do amado, pela ferida narcísica e sentimento de inimizade contra o concorrente. Mesmo considerado normal, não é visto como racional, pois tem seu componente enraizado no inconsciente.

O ciúme é algo que se faz presente em todas as relações de casais, seja na sua ausência quanto na sua intensidade. É aquela história se está pouco pode fazer falta, mas se está transbordando pode se tornar patológico, comprometendo o relacionamento.

Então me diga? Como está o seu pote de ciúme? Cheio ou vazio?

A verdade é que o ciúme é um sentimento autocentrado, narcisista onde ocorre o medo de perder a exclusividade e posse sobre a pessoa amada. Então, analisando bem, o ciúme não tem a ver com amor, pois amor é um sentimento voltado para o outro onde acima de tudo se quer o bem de quem se ama.

Se formos mais a fundo chegamos na questão da falta de autoestima, sentimento de inferioridade e imaturidade.

Pergunte a você, qual o seu medo?

- Ser abandonado?

- De não ser mais amado?

- Ser motivo de piada?

E mesmo que os motivos não sejam estes ficar ao lado de alguém que te tira a liberdade não é nada saudável. Confiar em si mesmo é primordial. A baixa percepção positiva de si mesma pode fazer com que você queira segurar a todo custo seu parceiro. A necessidade de encontrar provas torna-se muitas vezes uma questão central virando sua vida de pernas para o ar.

A má notícia é que em geral, como consequência, o ciúme leva à insatisfação e ao término do relacionamento conjugal.

É claro que se você é ciumenta, esse sentimento não vai desaparecer de uma hora para outra, mas saber identificar esses sentimentos já é um passo importante, ajuda psicológica também são fundamentais na análise desse ciúme e a desvendar o que está inconsciente.

A boa notícia é que você pode sim ganhar em qualidade de vida, ter um relacionamento saudável e ser feliz sem amarras e com mais liberdade!

Viva o amor!!


Natália Vinhas - CRP 12/12182

Psicóloga Online

Especialista em Psicologia Hospitalar - USP

Especialização em Obesidade e Transtorno Alimentar - USP

Colunista Psiconectado

Site: www.psicologanataliavinhas.com.br

Instagram: @psicologanataliavinhas

http://www.psiconectado.com.br/2017/07/psicologanataliavinhas_26.html

0 views

Redes sociais

Whatsapp

+55 48 996957736

  • Facebook Clean
  • White Instagram Icon
  • White LinkedIn Icon

Certificado

CFP